Loading...

terça-feira, 13 de abril de 2010

ISSO VOCÊS PRECISAM VER.....

http://http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/ajudas_tec.pdf

http://Lagares: http://Lagares: http://www.xtec.cat/~jlagares/f2kesp.htm

http://DOSVOX (UFRJ): http://DOSVOX (UFRJ): http://intervox.nce.ufrj.br/dosvox/

Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e a Tecnologia Assistiva

Conforme destacou Vygostsky, é sumamente relevante para o desenvolvimento humano o processo de apropriação, por parte do indivíduo, das experiências presentes em sua cultura. O autor enfatiza a importância da ação, da linguagem e dos processoas interativos na construção das estruturas mentais superiores (Vygotsky, 1987). O acesso aos recursos oferecidos pela sociedade, escola, tecnologias, etc., influenciam determinantemente nos processos de aprendizagem da pessoa.
Entretanto, as limitações do indivíduo com deficiência tendem a se tornarem uma barreira para esse aprendizado. Desenvolver recursos de acessibilidade, a chamada Tecnologia Assistiva, seria uma maneira concreta de neutralizar as barreiras causadas pela deficiência e inserir esse indivíduo nos ambientes ricos para a aprendizagem, proporcionados pela cultura.
Outra dificuldade que as limitações de interação trazem consigo são os preconceitos a que o indivíduo com deficiência está sujeito. Desenvolver recursos da Tecnologia Assistiva também pode significar combater esses preconceitos, pois, no momento em que lhe são dadas as condições para interagir e aprender, explicitando o seu pensamento, o indivíduo com deficiência mais facilmente será tratado como um "diferente-igual"...Ou seja, "diferente" por sua condição de pessoa com deficiência, mas ao mesmo tempo "igual", por interagir, relacionar-se e competir em seu meio com recursos mais poderosos, proporcionados pelas adaptações de acessibilidade de que dispõe. É visto como "igual", portanto, na medida em que suas "diferenças", cada vez mais são situadas e se assemelham com as diferenças intrínsecas existentes entre todos os seres humanos. Esse indivíduo poderá, então, dar passos maiores em direção a eliminação das discriminações, como consequência do respeito conquistado com a convivência, aumentando sua auto- estima, porque passa a poder explicitar melhor seu potencial e seus pensamentos.
É sabido que as novas Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) vêm se tornando, de forma crescente, importantes instrumentos de nossa cultura, e o acesso a elas, um meio concreto de inclusão e interação no mundo (LEVY, 1999).
Essa constatação é ainda mais evidente e verdadeira quando referimos a pessoas com deficiência. Como bem sinalizou Mary Pat Radabaugh:
Para as pessoas sem deficiência, a tecnologia torna as coisas mais fáceis.
Para as pessoas com deficiência, a tecnologia torna as coisas possíveis.
Texto na integra: www.galvaofilho.net
Referência Bibliográfica:
GALVÃO FILHO, Teófilo A. e DAMASCENO, Luciana L. As novas tecnologias e a tecnologia assistiva: utilizando os recursos de acessibilidade na educação especial. Fortaleza, Anais do III Congresso Ibero-americano de informática na Educação Especial, MEC, 2002.

domingo, 11 de abril de 2010

GUAJUVIRAS - Território de PAZ!


O bairro Guajuviras, considerado uma das áreas mais violentas da Canoas(RS), recebeu um importante reforço para enfrentar o crime. A comunidade foi beneficiada com o projeto TERRITÓRIO DE PAZ, um conjunto de 24 ações de prevenção e repressão a violência. A iniciativa faz parte do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (PRONASCI), do Ministério da Justiça.

Entre as ações estão o PROJETO MULHERES DA PAZ, que tem como objetivo capacitar 150 voluntárias para identificar jovens em situação de risco.

Esses jovens serão encaminhados a projetos sociais como o PROTEJO, onde terão oportunidade de participar de atividades, como cursos de informática, além de receberem mensalmente uma bolsa auxílio.